Sexta, 22 de setembro de 2023.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Caracterização da resistência genética na cultivar andina de feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.), Jalo Vermelho
Autor Lacanallo, Giselly Figueiredo
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Profª Drª Maria Celeste Gonçalves Vidigal
Co-Orientador(es) Prof. Dr. Pedro Soares Vidigal Filho
Prof. Dr. Carlos Alberto Scapim
Banca Examinadora Profª Drª Maria Celeste Gonçalves Vidigal
Prof. Dr. Pedro Soares Vidigal Filho
Profª Drª Juliana Parisotto Poletine
Data de Defesa 12/12/2005
Resumo Jalo Vermelho é uma cultivar Andina que tem demonstrado ampla resistência às raças do Colletotrichum lindemuthianum, especialmente à raça 65 que é capaz de superar a resistência de cultivares diferenciais Andinas. Assim, o objetivo deste trabalho foi caracterizar resistência genética à antracnose em Jalo Vermelho por meio do estudo de herança e de testes de alelismo em relação aos seguintes genes: Co-1 (Co-12, Co-13, Co-15), Co-2, Co-5, Co-6, Co-9 e Co-11. A resistência às raças 23, 89 e 453 e Jalo Vermelho foi condicionada por um único gene dominante. Os testes de alelismo nas populações F2 revelaram que Jalo Vermelho possui um gene dominante posicionado num lócus diferente dos genes previamente caracterizados. Os autores propõem que este novo gene seja designado como Co-12. A inoculação da cultivar Jalo Vermelho com 15 raças do C. lindemuthianum evidenciaram sua resistência às raças 9, 23, 31, 55, 64, 65, 81, 83, 89, 95 e 453. O novo gene identificado é uma importante contribuição para os programas de melhorando como fonte de resistência Andina à antracnose.
Palavras-chave Antracnose, Herança da resistência, Jalo Vermelho
Title
Abstract Jalo Vermelho is an Andean landrace that has shown to be widely resistant to Colletotrichum lindemuthianum races, mainly to race 55 which overcomes the resistance of Andean differential cultivars. The objective of this study was to characterize the anthracnose resistance in Jalo Vermelho by studying the inheritance and the allelism tests to the following genes: Co-1, Co-12, Co-13, Co-15, Co-2, Co-3, Co-4, Co-5, Co-6, Co-7, Co-9, Co-10, Co-11 and an unknown gene in Jalo Listras Pretas. Resistance to races 23, 89 and 453 in Jalo Vermelho was conditioned by a single dominant gene. Allelism tests in the F2 populations demonstrated that Jalo Vermelho carries a dominant gene positioned at a distinct locus from previously characterized genes. The authors propose that this new gene should be designated as Co-12. The inoculation of Jalo Vermelho with 15 races of C. lindemuthianum demonstrated its resistance to races 9, 23, 31, 55, 64, 65, 81, 83, 89, 95 and 453. The new identified gene is an important contribution to bean breeding programs as a source of Andean resistance to anthracnose.
Key-words Anthracnose, Inheritance of resistance, Jalo Vermelho
Arquivos
Nome Tamanho
0,00 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET