Terça, 21 de maio de 2024.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Caracterização morfoagronômica e diversidade genética entre acessos de macieira
Autor Schuh, Filipe Schmidt
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Pedro Soares Vidigal Filho
Co-Orientador(es) Maria Celeste Gonçalves Vidigal
Marcus Vinícius Kvitschal.
Banca Examinadora Maria Celeste Gonçalves Vidigal,
Marcus Vinicius Kvitschal
Data de Defesa 26/02/2016
Resumo A macieira é uma planta arbórea, caducifólia, pertencente à família botânica Rosaceae, que necessita de um período de frio hibernal para superação da dormência. No Brasil sua produção média é de 1,3 milhões de toneladas por ano, distribuída principalmente nos três estados do Sul. A maioria dos pomares de macieira no Brasil são formados por apenas duas cultivares, Gala e Fuji, fato que leva a um estreitamento da base genética desses pomares e à vulnerabilidade genética. Além disso, essas cultivares não são totalmente adaptadas as condições climáticas das regiões produtoras brasileiras. Assim, são necessárias pesquisas em melhoramento genético na macieira. Para que um programa de melhoramento tenha sucesso, é imprescindível a existência variabilidade genética, que pode ser acessada de diversas maneiras, sendo mais comum na forma de bancos de germoplasma. Esses bancos, se devidamente caracterizados, fornecem informações que são úteis aos melhoristas. Uma maneira muito utilizada para caracterizar os bancos de germoplasma é através de marcadores morfológicos, os quais, em comparação com outros métodos, são mais baratos. Para que a informação sobre os dados de caracterização seja disponível e interpretável, adota-se a construção de matrizes de dissimilaridade, a qual pode ser estimada por meio de métodos diversos. Este trabalho teve por objetivo caracterizar, mediante o uso de descritores morfológicos, acessos do Banco Ativo de Germoplasma de Macieira, localizado na Epagri, Estação Experimental de Caçador – SC, bem como estimar a diversidade genética utilizando algoritmo de „Gower‟. Observou-se ampla variabilidade genética no conjunto genotípico avaliado, uma vez que as estimativas do coeficiente de dissimilaridade entre os 115 acessos variou de 0,26 até 0,72. Não foi verificada nenhuma duplicata ou sinonímia nesse Banco de Germoplasma. Com relação ao agrupamento pelo método de UPGMA, foi possível identificar 30 grupos distintos entre os acessos. Estabelecendo um ponto de corte à 0,455, verificou-se a formação de grupos com apenas um individuo até grupos com dezenove indivíduos. O acesso
xv
mais dissimilar foi „Princesa‟, único integrante do grupo 30. As combinações com maior potencial visando ampla segregação foram as formadas entre os acessos dos grupos 1, 2 e 3 combinados com os acessos dos grupos 17 a 30.
Palavras-chave Malus spp, caracterização morfológica, variabilidade genética e algoritmo de „Gower‟..
Title
Abstract The apple tree is an arboreal and deciduous plant, belonging to the Rosaceae botanical family, that requires a chilling to overcome the dormant season. In Brazil, its production is around 1,3 million metric tons per year, distributed mainly in the three southern states. The most of apple orchards in Brazil are constituted for only two cultivars, Gala and Fuji. This fact leads to narrowing of genetic basis and genetic vulnerability. Furthermore, these cultivars are not well adapted to environmental of the Brazilian producing regions. Thus, researches are necessary in apple breeding. The breeding program can be succeed if there is genetic variability, which can be accessed by different ways, being is more common in the form of germoplasm banks. These germplasm banks, if properly characterized, provide information which can be usefull for breeders. A way widely used to characterize the germoplasm banks, is by using morphological descriptors, which are cheaper than other ways. Characterization data is available and interpretable, is adopted the construction of dissimilarities matrices, which can be estimated for different methods. This work aimed characterize by morphological markers, accessions of the Apple Germoplasm Bank, placed in experimental station of Epagri in Caçador, SC, as well as estimate the genetic diversity by Gower algorithm. Wide genetic variability was observed between the genotypic set evaluated, once the estimates of the dissimilarity coefficient between 115 accessions ranged from 0.26 to 0.72. It was not verified any duplicates and synonyms in this gemoplasm bank. In relation to the UPGMA cluster analysis was identified 30 distinct groups of accessions. Setting the cut-off in 0.455, it was observed groups with only one accession and groups with nineteen accessions. The most dissimilar accession was „Princesa‟, single member of the group 30. The combinations with high potential to wide segregation were those formed between accessions of groups 1, 2 and 3 combined with accessions of the group 24 to 30.
xvii
Key-words Malus spp, morphological characterizations,genetic variability and Gower algorithm.
Arquivos
Nome Tamanho
0,00 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET