Sexta, 19 de agosto de 2022.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Análise da expressão da proteína de reparo kin17 em células em cultura Bm5 e em tecidos larvais de Bombyx mori L.
Autor Rando, Fabiana dos Santos
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Maria Aparecida Fernandez
Co-Orientador(es) Ana Silvia Lapenta
Maria Cláudia Colla Ruvolo Takasusuki.
Banca Examinadora Flávio Augusto Vicente Seixas
José Luis da Conceição Silva
Data de Defesa 21/02/2013
Resumo Bombyx mori (Linnaeus, 1758), popularmente conhecido como bicho-da-seda, é um inseto de importância econômica para a produção de seda e também é o segundo inseto mais utilizado como organismo modelo para estudos biológicos. O estresse pela infecção, causados por vírus e bactérias, é um dos fatores chaves para a queda da produção. A proteína de reparo kin17 é uma importante proteína associada ao estresse celular, replicação do DNA e processamento de RNAs. O objetivo deste trabalho foi analisar a expressão da proteína kin17 em tecidos larvais do 5° instar de B. mori, incluindo glândulas sericígenas, corpo gorduroso, ovário, testículo, túbulo de Malpighi e sistema nervoso. Também foram analisados extratos proteicos de células em cultura de B. mori, linhagem de Bm5, em diferentes períodos (0, 12, 24 e 48 horas), após a infecção pelo baculovirus BmNPV. As amostras foram extraídas de cada tecido e extrato celular e analisadas por meio da técnica de western blotting, utilizando anticorpos policlonais monoespecíficos contra a kin17 de humanos. Os resultados mostraram a detecção de uma banda de aproximadamente 47kDa em todos os tecidos, exceto em glândulas sericígenas. Esta banda aparece com forte expressão nas amostras de corpo gorduroso e testículo. Surpreendentemente, é observado também uma banda de aproximadamente 40kDa, mais expressa em túbulo de Malpighi, sistema nervoso e corpo gorduroso. Nas amostras extraídas de cultura de células controle e infectadas, também foram detectadas duas frações protéicas, com os mesmos pesos moleculares encontrados em tecido. Assim, foi possível a detecção da kin17 nos tecidos e no extrato proteico de B. mori e ambos apresentam duas isoformas. Este trabalho mostra pela primeira vez as duas isoformas da proteína de reparo kin17 em células Bm5 e tecidos larvais de B. mori. A detecção de duas isoformas da kin17 em B. mori oferece uma nova perspectiva na compreensão do papel celular desempenhado por essa proteína.
Palavras-chave: Bombyx mori; Células Bm5; kin17.
Palavras-chave Bombyx mori; Células Bm5; kin17.
Title
Abstract Bombyx mori (Linnaeus, 1758) popularly known as silkworm silk, is an insect of great economic importance in the silk production and it is also the second organism used as a model organism for molecular studies. Environmental stress that causes viral or bacterial infection is one of the key factors in production decay. The repair kin17 protein is a major protein associated with cellular stress, DNA replication and RNA processing. In this study, our aim was to detect kin17 at 5th instar larval tissues from B. mori, including silk gland, fat body, ovaries, testicles, Malpighian tubules and nervous system. Protein extracts were also analyzed for cell culture of B. mori, lineage of Bm5, infected at different periods (0, 12, 24 and 48 hours) with the baculovirus BmNPV. Samples were extracted for each tissue and then analyzed through western blotting protocol using monoclonal antibodies against human kin17.The results showed an expected ~47kDa band on all tissues, except for the silk gland samples. The band was remarkably strong for the fat body and testicle samples. Surprisingly, an additional ~40kDa band was detected, being more expressive in the Malpighian tubules, nervous system and fat body. In samples extracted from infected and control cell culture showed, also, two fractions with the same molecular weight observed in larval tissues. Perhaps, the lower mass protein might represent an unknown isoform of kin17 in B. mori. In conclusion, the detection of the two kin17 isoforms offers new perspectives in the understanding of the cellular role of this protein.

Keywords: Bombyx mori; Bm5 culture cells; kin17.
Key-words Bombyx mori; Bm5 culture cells; kin17.
Arquivos
Nome Tamanho
0,00 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET