Sexta, 19 de agosto de 2022.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Tese
Título Capacidade combinatória de progênies S3 de milho com testadores de base genética estreita visando à produção e qualidade da forragem
Autor Figueiredo, Alex Sandro Torre
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Ronald José Barth Pinto
Co-Orientador(es) Carlos Alberto Scapim.
Banca Examinadora Leandro Simões Azeredo Gonçalves
Marcos Ventura Faria
Marcos Weber do Canto
Carlos Alberto Scapim
Data de Defesa 20/12/2016
Resumo O milho é a espécie referência para a produção de forragem no Brasil. Em programas de melhoramento de milho, a seleção das progênies etestadores é a etapa mais importante e onerosa, pois o mérito de uma linhagem esta associado a capacidade da mesma em combinar-se bem e gerir bons híbridos de milho. Poucos são os trabalhos que discutem critérios para a escolha de testadores e a seleção de progênies em programas de melhoramento de milho para forragem, vislumbrando a obtenção de híbridos com matéria prima de maior valor nutricional para uso na alimentação animal. O objetivodeste trabalho foi avaliar a capacidade combinatória de progênies S3 em combinação com testadores de base genética estreita visando à escolha das melhores progênies e testadores ao programa de melhoramento de milho para forragem da UEM. Em cada uma das safras2014/2015 e 2015/2016, foram instalados quatro experimentos delineados em látice simples parcialmente balanceado com 81 tratamentos. Três experimentos foram utilizados para avaliar os híbridos topcrossesobtidos com os testadores híbridos simples Ag8088 e Dkb330 e com a linhagem elite 9.H33.3. O quarto experimento avaliou as progênies S4. Os caracteres bromatológicos da qualidade da forragem foram avaliados na safra 2014/2015, enquanto os caracteres agronômicos foram avaliados nas safras 2015/2015 e 2015/2016. Foram estimados os componentes de variância genética e fenotípica, herdabilidade no sentido amplo, heterose e a capacidade geral de combinação das progênies, testadores e a capacidade específica de combinação por meio da análise dialélica com base apenas nos híbridos F1’s. O híbrido simples Ag8088 e a linhagem elite 9.H3.33 se destacaram como os melhores testadores para o caráter rendimento de grãos. A linhagem elite 9.H3.33 foi o melhor testador para os caracteres relacionados ao rendimento e a qualidade da bromatológica da forragem do milho.As progênies 201-23.2, 201-59.1, 201-80.2, 201-81.5, 203-195.3, 201-100.4, 201-145.4, 201-169.3, 202-155, 202-159, 203-23, 203-31, 203-32, 203-38, 203-75, 203-98, 203-111, 203-135, 203-139, 203-150, 203-188, 203-235 e 203-237 devem ser avançadas no programa de melhoramento de milho para forragem da UEM, pois se destacaram quanto as suas capacidades combinatórias e mérito em gerir bons híbridos.Não foi observada correspondência entre o ranqueamento de médias das progênies e os híbridos topcrosses para os caracteres agronômicos e da qualidade da forragem do milho, indicando que a seleção das melhores progênies deve ser feita de acordo com a capacidade combinatória.

Palavras-chave Zeamays, híbridos topcrosses, capacidade combinatória, qualidade da forragem
Title
Abstract Maize field is considered the reference crop for forage production in Brazil. In maize breeding programs the selection of progenies and testers is one of the most important steps, because the merit of inbred lines are associated with its ability to combine well and perform the best maize hybrids. There is a low number of studies discussing criteria for choose the best testers and the selection of progenies into the forage maize breeding program, with the aiming to perform hybrids with raw material of higher nutritional value for use in animal feed. The aim of this study was to evaluate the combining ability of progenies S3 with testers of narrow genetic base, with the view of selecting the best progenies and testers for the maize breeding program of UEM. At the crop seasons 2014/2015 and 2015/2016 were conducted four experiments in a partially balanced lattice design with 81 treatments. Three experiments were used to evaluate the topcross hybrids which were previously obtained from the simple hybrid testers Ag8088 and Dkb330, and the elite inbred line 9.H33.3. In the fourth experiment were evaluated the S4 progenies. The agronomic and bromatological forage traits were evaluated at the crop season 2014/2015 and 2015/2016, and 2014/2015, respectively. Based on diallel analysis of F1’s hybrids were estimated the genetic and phenotypic components of variance, narrow-sense heritability, heterosis and general combining ability of progenies and testers, as well as, specific combining ability. The simple hybrid Ag8088 and the inbred line 9.H3.33 showed to be the best testers for grain yield. The inbred line 9.H3.33 was the best tester for both agronomic and bromatological forage traits. The progenies 201-23.2, 201-59.1, 201-80.2, 201-81.5, 203-195.3, 201-100.4, 201-145.4, 201-169.3, 202-155, 202-159, 203-23, 203-31, 203-32, 203-38, 203-75, 203-98, 203-111, 203-135, 203-139, 203-150, 203-188, 203-235 e 203-237 should be advanced at the forage maize breeding programof UEM, because highlighted regarding their combining ability and merit to develop the best hybrids in the future. For agronomic and bromatological forage traits, no correlation was observed between the ranking of progeny means and topcross hybrids, suggesting that the selection of the best progenies should be performed based on
Key-words Zea mays, topcross hybrids, combining ability, forage quality.
Arquivos
Nome Tamanho
1.843,60 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET