Domingo, 04 de junho de 2023.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Toxicidade e análise genética de abelhas Scaptotrigona bipunctata, Lepeletier, 1836 (Apidae, Meliponini) contaminadas com o organofosforado Acefato
Autor Diniz, Tamires de Oliveira
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki
Co-Orientador(es) Claudete Rosa Mangolin
Banca Examinadora Adriana Aparecida Sinópolis Giglioli
Regina Conceição Garcia
Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki
Data de Defesa 16/02/2017
Resumo Os meliponíneos ocupam grande parte das regiões de clima tropical e também algumas regiões de clima temperado subtropical, sendo encontrados na maioria do território Latino-Americano. Scaptotrigona bipunctata, também são conhecidas como tubunas, são abelhas sem ferrão cujas colônias são bastante populosas, variando de 2.000 a 50.000 indivíduos. Juntamente com as abelhas Apis mellifera, instituem o grupo das abelhas eussociais, que se evidenciam por construírem ninhos perenes, com inúmeras operárias que cuidam do ninho, somente uma fêmea fértil e ativa (a rainha) e machos reprodutivos. Diversos estudos apontam que a quantidade de abelhas vem diminuindo ao longo dos anos pela destruição de habitats e uso intensivo de agrotóxicos, que embora sejam sintetizados para controlar e eliminar insetos-praga, ainda assim, acabam atingindo insetos não-alvo como é o caso das abelhas. Mesmo que em baixas concentrações, muitos inseticidas podem ser excessivamente tóxicos para as abelhas, além de estimular efeitos subletais, como intervir na capacidade cognitiva, na capacidade de orientação e no comportamento, o que prejudica as atividades de forrageamento destes insetos. O inseticida acefato, pertence ao grupo dos organofosforados, e é classificado como altamente perigoso ao meio ambiente; é empregado na proteção contra pragas de diversas culturas. O objetivo do presente estudo foi avaliar a toxicidade e alteração da expressão das isoenzimas esterases, bem como a estrutura da cromatina em abelhas S. bipunctata após contaminação por contato e ingestão com acefato. As abelhas operárias adultas foram coletadas na entrada de caixas comerciais e então intoxicadas por contato e ingestão por 72 horas. Não houve alta taxa de mortalidade para os bioensaios, entretanto, para o bioensaio de ingestão a mortalidade foi maior. Os resultados observados demonstraram que houveram alterações na expressão das isoenzimas esterases após intoxicação de S. bipunctata por acefato, tanto por contato como por ingestão. Também foram analisadas as proteínas totais que se mostraram pouco alteradas após os bioensaios. Por fim, foi investigada a concentração crítica de eletrólitos nas células nervosas de S. bipunctata, as quais indicaram ponto de CEC acima de 0,30M. A padronização da extração de RNA e síntese de cDNA para posterior utilização na técnica de PCR em tempo real quantitativo foi realizada com sucesso. Essa técnica será útil para análise da expressão de genes de proteínas de estresse, como por exemplo hsp90, hsp70 e p450.


Palavras-chave Scaptotrigona bipuncata, organofosforado, esterases.
Title
Abstract Meliponines are found in regions with tropical subtropical climate, native from Latin America. Scaptotrigona bipunctata are stainless bees whose colonies are quite populous, ranging from 2,000 to 50,000. They are part of a group of advanced eusocial bees, construct perennial nests, with numerous workers who takes care of the nest, only a fertile and active female (queen) and reproductive males. Several studies point out that a number of bees have been decreasing over the years due to habitat destruction and intensive use of pesticides. Although it is synthesized to control and eliminate pest insects, they still reach non-target insects, such as bees. Even at low concentrations, many insecticides can be toxic to bees, stimulating sublethal effects, such as lack of cognitive ability, guiding ability and behavior, which harms their foraging activities. Acephate insecticide belongs to organophosphates group and is classified as highly dangerous to the environment; it is used to protect several crops against pests. This study aims to investigate mortality and esterase isoenzyme alterations of S. bipunctata after intoxication by contact and ingestion with acephate. Bioassays showed low mortality rates; however, for intoxication by ingestion mortality was higher than by contact. Individual head/thorax extracts were prepared using 10% glycerol extraction solution with 0.1% β-mercaptoethanol. Esterases visualization was made by PAGE electrophoresis. Results showed that there were alterations esterases expression. after intoxication of S. bipunctata by acephate, both by contact and by ingestion. Total proteins were also analyzed and showed slight alteration after intoxication. Standardization of RNA extraction and cDNA synthesis for S. bipunctata for later use in the real-time PCR was successfully performed. This technique will be useful for expression analysis of detoxification genes, for instance hsp90, hsp70 and p450.


Key-words Scaptotrigona bipuncata, organophosphate, esterase
Arquivos
Nome Tamanho
924,49 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET