Terça, 31 de janeiro de 2023.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Tese
Título Indução de haplodia mediante cruzamentos com os indutores Tail 9 e KHI e avaliação de metodologias para eliminação de falsos haploides de milho
Autor Baleroni , Alessandra Guedes
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Carlos Alberto Scapim
Co-Orientador(es) Ronald José Barth Pinto.
Banca Examinadora Carlos Alberto Scapim
Rafael Egea Sanches
Claudete Aparecida Mangolim
Ronald José Barth Pinto
Robson Marcelo Rossi
Data de Defesa 17/12/2018
Resumo O emprego dos duplo-haploides (DH) ganhou destaque em programas de melhoramento de milho devido à obtenção de linhagens endogâmicas ser mais rápida quando comparada ao método tradicional. A identificação precisa dos haploides obtidos nos cruzamentos de indução é um dos principais desafios associados a essa metodologia. O método mais comum para distinguir sementes haploides das diploides é a seleção visual por meio do marcador R-navajo, porém esse processo é demorado, trabalhoso e pouco eficiente para casos em que há genes inibidores impedindo a pigmentação das sementes. Nesse sentido, o presente trabalho teve por objetivos avaliar o efeito de cultivares e de indutores, sendo um indutor temperado (KHI) e outro adaptado às condições tropicais (Tail 9), sobre a taxa de possíveis haploides selecionados pela expressão do R-navajo e verificar se a citometria de fluxo e a metodologia baseada nas características de plântulas são eficientes para eliminar os falsos positivos, selecionados por esse marcador. Tanto a cultivar quanto o indutor apresentaram diferenças significativas para taxa de possíveis haploides, além da sua interação. As maiores médias foram obtidas nos cruzamentos de cultivares com grãos dentados (13,12% para RS21 x Tail 9 e 11,31% para AG1051 x KHI) e quando o indutor Tail 9 foi utilizado nos cruzamentos de indução a taxa média de indução de possíveis haploides foi superior (7,09%). Em relação à metodologia das características de plântulas foi estabelecido um ponto de corte para posteriormente comparar esse teste com um gold standard, que nesse caso foi o fenótipo das plantas. Foi observada uma variação desse ponto de corte em relação ao genótipo-fonte. A citometria de fluxo e as características de plântulas foram eficientes para eliminação de falsos positivos, principalmente quando o número de raízes seminais laterais foi analisado.
Palavras-chave Indutores de haploidia; Citometria de fluxo; Características de plântulas
Title
Abstract The use of double-haploids (DH) were highlighted in maize breeding programs due to the obtaining of inbred lines being faster when compared to the traditional method. The precise identification of the haploids obtained in the induction crosses is one of the main challenges associated to this methodology. The most common method to distinguish haploid seeds from diploids ones is the visual selection through the Rnavajo marker, but this process is time-consuming, labor-intensive, and inefficient for cases where inhibitory genes prevent seed pigmentation. In this sense, the objectives of this work was to evaluate the effect of cultivars and inducers, being a temperate inducer (KHI) and another adapted to tropical conditions (Tail 9), on the rate of possible haploids selected by the expression of Rnavajo and to verify if flow cytometry and the methodology based on the seedlings traits are efficient to eliminate the false positives, selected by this marker. Both the cultivar and the inducer presented significant differences in the rate of possible haploids, in addition to their interaction. The highest means were obtained at the crosses of cultivars with dent grains (13.12% for RS21 x Tail 9 and 11.31% for AG1051 x KHI) and when the inductor Tail 9 was used at the induction crosses, the induction mean rate of possible haploids was higher (7.09%). In relation to the seedling traits methodology, a cut-off point was established to compare this test with a gold standard, which in this case was the plant phenotype. It was observed a variation of this cut-off point in relation to the source genotype. Flow cytometry and seedling traits were efficient for the elimination of false positives, especially when the number of lateral seminal roots was analyzed.
Key-words Haploid inducers; Flow cytometry; Seedling traits
Arquivos
Nome Tamanho
1.843,25 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET