Terça, 31 de janeiro de 2023.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Análise dos efeitos da metformina em Astyanax altiparanae através de biomarcadores citogenéticos e histológicos
Autor Barbieri, Pablo Américo
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Isabel Cristina Martins dos Santos
Co-Orientador(es) Luciana Andreia Borin de Carvalho
Ana Luiza de Brito Portela Castro
Banca Examinadora Isabel Cristina Martins dos Santos
Adriana Aparecida Sinópolis Gigliolli
Doutor Jorge Takasusuki
Data de Defesa 20/02/2019
Resumo A expansão do mercado de produtos farmacêuticos vem gerando um problema ambiental, estes compostos, quando em presença no solo e a água, podem provocar contaminação, que mesmo em uma rede de tratamento de esgoto não é removida completamente. Um dos produtos farmacêuticos amplamente encontrado em águas superficiais de rios, águas residuais e efluentes de estações de tratamentos é a droga antidiabética metformina. As consequências ambientais causadas pela metformina ainda são pouco conhecidas, mas alguns estudos já indicam efeitos deletérios. Desta forma, este estudo investigou os efeitos ecotoxicológicos da metformina em A. altiparanae, uma espécie de peixe amplamente distribuída nos rios brasileiros, através de diferentes abordagens combinando análises biométricas, citológicas, citogenéticas e histológicas para analisar parâmetros de desenvolvimento, danos reprodutivos, toxicidade celular e alterações genéticas. Para o estudo foram utilizados peixes juvenis num total de 175 indivíduos que divididos igualmente em 5 tanques de 100 litros, sendo um tanque controle e 4 com concentrações de 50 ug/L, 100 ug/L, 1 mg/L e 10 mg/L de metformina. A partir da exposição ao fármaco, os indivíduos já mostraram uma diminuição de tamanho e peso corporal em uma relação dose dependência. Danos genéticos não foram observados pelas análises de micronúcleo e alterações cromossômicas. Entretanto alterações no padrão de compactação do material genético foi observado através das analises da CEC que evidenciou uma descondensação da heterocromatina e eucromatina. Nas análises morfológicas de sangue anomalias morfológicas nucleares foram observadas, sendo mais grave na concentração de 10mg/L. Na avaliação histopatológica as brânquias demostraram alterações do tipo telangiectasia, fusão de lamelas primárias, fusão de lamelas secundárias e hiperplasia, foram encontradas em todas as concentrações 50µg/L, 100µg/L, 1mg/L e 10mg/L, sendo vacuolização, hemorragia e edema, apenas encontrado em 10mg/L. Nas análises com gônadas, mesmo em concentrações ambientais relevantes observou-se uma interssexualização de peixes machos, diminuição na maturação dos espermatozoides e, a presença de oocito perinuclear sendo agravado quando maior a contração chegando ao grau de feminilização. Este trabalho ilustra a necessidade de pesquisadores examinarem os efeitos potenciais de compostos antropogênicos como fármacos em organismos aquáticos.

Palavras-chave: i
Palavras-chave Interssexualização; disruptro endocrino e metformina.
Title
Abstract The expansion of the market for pharmaceuticals has generated an environmental problem, these compounds, when present in soil and water, can cause contamination, which even in a sewage treatment network is not completely removed. One of the pharmaceuticals widely found in surface waters of rivers, wastewater and effluent treatment stations is the antidiabetic drug metformin. One of the pharmaceuticals widely found in surface waters of rivers, wastewater and effluent treatment stations is the antidiabetic drug metformin. The environmental consequences of metformin are still poorly understood, but some studies already indicate deleterious effects. Thus, this study investigated the ecotoxicological effects of metformin in A. altiparanae, a species of fish widely distributed in Brazilian rivers, through different approaches combining biometric, cytological, cytogenetic and histological analyzes to analyze development parameters, reproductive damage, cellular toxicity and genetic alterations. For the study, juvenile fish were used in a total of 175 individuals, divided equally into 5 tanks tanks of 100 liters, being a control tank and with 4 concentrations of 50 ug / L, 100 ug / L, 1 mg / L and 10 mg / L of metformin. From exposure to the drug, individuals have already shown a decrease in body size and body weight in a dose-dependent relationship. Genetic damage was not observed by the micronucleus and chromosomal alterations. However, changes in the compaction pattern of the genetic material were observed through the CEC which evidenced a decondensation of heterochromatin and euchromatin. In the morphological analyzes of blood nuclear morphological anomalies were observed, being more serious in the concentration of 10mg / L. In the histopathological evaluation the gills showed telangiectasia, primary lamella fusion, secondary lamella fusion, and hyperplasia, 50μg / L, 100μg / L, 1mg / L and 10mg / L were found at all concentrations, being vacuolization, bleeding and edema, only found in 10mg / L. In gonadal analyzes, even in the relevant environmental concentrations, we observed an interssexualization of male fish, a decrease in sperm maturation, and the presence of perinuclear oocyte being aggravated when the contraction increased, reaching the degree of feminization. This work illustrates the need for researchers to examine the potential effects of anthropogenic compounds as drugs on aquatic organisms.


Key-words interssexualization; endocrine disruption and metformin.
Arquivos
Nome Tamanho
18,59 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET