Terça, 06 de dezembro de 2022.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Análises citogenéticas e moleculares em “Cattleya fidelensis” (Pabst) Van den Berg (Orchidaceae: Epidendroideae: Epidendreae: Laeliinae)
Autor Silva, Joyce Lisbôa da
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Maria de Fátima Pires da Silva Machado
Co-Orientador(es) Andréa Beatriz Diverio Mendes
Claudete Aparecida Mangolin
Banca Examinadora Maria de Fátima Pires da Silva Machado
Andréa Beatriz Diverio Mendes
Liriana Belizário Cantagalli
Data de Defesa 27/08/2021
Resumo As orquídeas têm contribuído para tornar o Brasil conhecido internacionalmente. Atualmente, as regiões Sul e Sudeste dominam o ranking de comercialização de plantas ornamentais no varejo. No Brasil ocorrem 2.473 espécies de orquídeas distribuídas em 221 gêneros. O gênero Cattleya pertence a subtribo Laeliinea (Epidendroideae). A origem de Cattleya fidelensis é bastante controversa, mas existe uma hipótese que ela seja um híbrido natural, oriunda do cruzamento das espécies C. perrinii Lindl. e C. bicalhoi Van den Berg. A análise cromossômica convencional proporciona a compreensão de aspectos da filogenia e pode contribuir significativamente para a elucidação dos possíveis parentais desta espécie. Outra ferramenta utilizada para identificação de parentesco são os marcadores moleculares SSR. Portanto, o objetivo do presente trabalho foi determinar o número de cromossomos, analisar o comportamento meiótico e testar primers SSR para futura utilização na caracterização e genotipagem de C. fidelensis. As lâminas para a obtenção das metáfases mitóticas e para análise meiótica foram confeccionadas pelo método de esmagamento e observadas sob microscopia de luz. A contagem do número de cromossomos variou de 60 até 84 cromossomos nas metáfases mitóticas analisadas. Os microsporócitos observados em diacinese apresentaram 32, 34 e 36 bivalentes. Apesar da alta regularidade meiótica, foi observada a presença de tétrades com micrócito, díades, tríades e políades. Para a avaliação das plantas de C. fidelensis, foram selecionados 8 pares de primers desenvolvidos para C. walkeriana (Cw01, Cw02, Cw03, Cw04, Cw05, Cw06, Cw07 e Cw08). A metodologia utilizada para a amplificação foi a descrita por Tambarussi et al., 2016. Nestas condições não ocorreu amplificação do primer Cw02 e os primers Cw05, Cw06 e Cw07 ficaram inespecíficos. Para os primers Cw01, Cw03, Cw04 e Cw08 houve a formação de uma banda nítida e específica.
Palavras-chave Meiose; Orquídea; Marcador SSR
Title
Abstract Orchids have contributed to making Brazil known internationally. Currently, the South and Southeast regions dominate the ranking of ornamental plants sales in retail. In Brazil there are 2.473 species of orchids distributed in 221 genus. The genus Cattleya belongs to subtribe Laeliinea (Epidendroideae). The origin of Cattleya fidelensis is quite controversial, but there is a hypothesis that it is a natural hybrid, arising from the crossing of the species C. perrinii Lindl. and C. bicalhoi Van den Berg. Conventional chromosomal analysis provides an understanding of aspects of phylogeny and can significantly contribute to elucidation of possible parents of this species. Another tool used to identify relatedness is the SSR molecular markers. Therefore, the objective of the present work was to determine the number of chromosomes, analyze the meiotic behavior and use the SSR markers in the characterization and genotyping of C. fidelensis. The slides for obtaining mitotic metaphases and meiotic analysis were made by the crushing method and observed under light microscopy. Chromosome counts ranged from 60 to 84 chromosomes in the analyzed mitotic metaphases. Microsporocytes observed in diakinesis showed 32, 34 and 36 bivalents. Despite the high meiotic regularity, the presence of tetrads with microcytes, dyads, triads, and polyads was observed. For the evaluation of C. fidelensis plants, 8 pairs of primers developed for C. walkeriana were selected (Cw01, Cw02, Cw03, Cw04, Cw05, Cw06, Cw07 e Cw08). The methodology used for amplification was described by Tambarussi et al., 2017. Under these conditions there was no amplification of primer Cw02 and primers Cw05, Cw06 and Cw07 were unspecific. For primers Cw01, Cw03, Cw04 and Cw08 there was the formation of a clear and specific band.
Key-words Meiosis; Orchid; SSR marker
Arquivos Nenhum arquivo encontrado!

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET