Quinta, 30 de junho de 2022.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Tese
Título Alterações na estrutura da cromatina, morfologia e inferência bayesiana na avaliação da toxicidade de inseticida e fungicida em abelhas Scaptotrigona bipunctata (Apidae, Meliponini)
Autor Diniz, Tamiris de Oliveira
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki
Co-Orientador(es) Claudete Aparecida Mangolin
Maria de Fátima Pires da Silva Machado
Banca Examinadora Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki
Adriana Aparecida Sinópolis Gigliolli
Helio Conte
Terezinha Aparecida Guedes
Silvia Helena Sofia
Data de Defesa 30/08/2021
Resumo A utilização de produtos fitossanitários aumentou nos últimos anos e eles têm sido amplamente utilizados em diversas culturas para controle de pragas, afetando também insetos benéficos ao meio ambiente, como é o caso das abelhas. Na primeira parte deste estudo, foram avaliados os efeitos da exposição oral de abelhas sem ferrão Scaptotrigona bipunctata à dois produtos comerciais que continham mais de um princípio ativo em sua formulação: o inseticida Fastac Duo (neonicotinoide e piretroide) e o fungicida Locker (benzimidazol, triazol e estrobirulina). Abelhas forrageiras adultas foram expostas a concentrações de 0,0265 g i.a./L; 0,053 g i.a./L; 0,0795 g i.a./L; e 0,106 g i.a./L de inseticida e 1,7 mg i.a./L; 2,55 mg i.a./L; 3,4 mg i.a./L e 4,25 mg i.a./L de fungicida, e submetidas a análises citoquímicas e morfológicas após 24, 48 e 72 horas da ingestão dos produtos. As análises revelaram alterações na condensação da cromatina do cérebro e alterações morfológicas no intestino médio das abelhas, de acordo com a concentração dos produtos utilizados. Os resultados obtidos indicam que a contaminação por estes produtos pode afetar diversos processos fisiológicos, além da sobrevivência das abelhas. Na segunda parte deste trabalho, apresentam-se os resultados provenientes de ensaios dose resposta em abelhas S. bipunctata, cujo objetivo consistia em avaliar a concentração letal para 50% das amostras de abelhas avaliadas (CL50) e, investigar a chance de mortalidade dos insetos submetidos aos diferentes níveis das concentrações dos pesticidas, utilizando o modelo de regressão logística sob a abordagem bayesiana. Os resultados indicaram que houve convergência das cadeias geradas e o modelo se apresentou satisfatório quanto ao ajuste. No que tange a exposição aos pesticidas, identificou-se que quanto maior é a concentração maior é a chance de mortalidade dos insetos. Dessa forma, a análise bayesiana mostrou-se como uma abordagem alternativa aos métodos clássicos para estudos dose-resposta em abelhas S. bipunctata submetidas à contaminação por pesticidas, sendo possível observar que ao empregar níveis de concentração excessivos dos produtos testados, estes promovem um aumento na chance de mortalidade das abelhas.
Palavras-chave Citoquímica; Microscopia eletrônica de varredura; Inferência bayesiana
Title
Abstract The use of phytosanitary products has increased in recent years and they have been widely used in various cultures for pest control, also affecting insects beneficial to the environment, such as bees. In the first part of this study, the effects of oral exposure of stingless bees Scaptotrigona bipunctata to two commercial products that contained more than one active ingredient in their formulation were evaluated: the insecticide Fastac Duo (neonicotinoid and pyrethroid) and the fungicide Locker (benzimidazole, triazole and strobirulin). Adult forage bees were exposed to concentrations of 0.0265 g a.i./L; 0.053 g a.i./L; 0.0795 g a.i./L; and 0.106 g a.i./L of insecticide and 1.7 mg a.i./L; 2.55 mg a.i./L; 3.4 mg a.i./L and 4.25 mg a.i./L of fungicide, and submitted to histochemical and morphological analysis after 24, 48 and 72 hours of ingestion of the products. The analyzes revealed changes in the condensation of chromatin in the brain and morphological changes in the midgut of bees, according to the concentration of the products used. The results obtained indicate that contamination by these products can affect several physiological processes, in addition to the survival of bees. In the second part of this work, results from dose response tests in S. bipunctata bees are presented, whose objective was to assess the lethal concentration that exterminates 50% (LC50) of the bees and to investigate the chance of mortality of insects submitted to different levels of pesticide concentrations, using the logistic regression model under the Bayesian approach. The results indicated that there were no problems in the convergence of the generated chains and the model was satisfactory in terms of adjustment. Regarding exposure to pesticides, it was found that the higher the concentration, the greater the chance of insect mortality. Thus, the Bayesian approach proved to be an alternative approach to classic methods for dose-response studies in S. bipunctata bees subjected to contamination by pesticides, and it is possible to observe that when employing excessive concentration levels of the tested products, they bring increased chance of bee mortality.
Key-words Cytochemistry; Scanning electron microscopy; Bayesian inference
Arquivos
Nome Tamanho
18,59 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET