Segunda, 15 de julho de 2024.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Diversidade genética de cultivares de milho por meio de caracteres agronômicos empregando a análise multivariada
Autor Rocha, Fernanda Larissa Marques
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Carlos Alberto Scapim
Co-Orientador(es) Ronald José Barth Pinto
Banca Examinadora Rodrigo Iván Contreras Soto
Ronald José Barth Pinto
Data de Defesa 22/02/2022
Resumo A diversidade genética dos genótipos de milho pode contribuir para a identificação de combinações híbridas com maior efeito heterótico, elevando a possibilidade da recuperação de genótipos superiores em gerações segregantes. O trabalho avaliou a diversidade genética entre 49 genótipos de milho, sendo 43 genótipos de milho-pipoca, dois de milho comum, dois de milho doce e dois de milho canjica. O experimento foi realizado em delineamento em blocos completos com tratamentos ao acaso em três repetições. A análise de variância multivariada evidenciou diferenças significativas (p < 0.05) entre os vetores de médias, justificando o uso de técnicas multivariadas no estudo de diversidade genética. As medidas de dissimilaridade foram estimadas a partir da distância generalizada de Mahalanobis (D²) identificando que os genótipos mais similares geneticamente foram Xuxu Viçosa e Beija-Flor amarelo (18,26), com a maior distância ocorrendo entre os genótipos Viçosa e Dow2B433PW (910,60). O agrupamento foi realizado pelo método hierárquico (UPGMA) e pela metodologia de agrupamento de otimização de Tocher Modificado que dividiram os genótipos em cinco grupos. A difusividade térmica do pericarpo (DTP) foi o caractere que mais contribuiu para a diferenciação dos genótipos avaliados (24,36%), mostrando-se favorável na avaliação da diversidade genética em genótipos de milho devido a sua promissora capacidade de explicar a capacidade de expansão dos grãos de milho-pipoca. O teor de proteína, rendimento de grãos e altura média da inserção da espiga (12,95%, 9,22% e 7,43%, respectivamente) apresentaram contribuição relativamente importante sobre a diversidade, enquanto o comprimento médio da espiga (1,02%) e número de espigas (0,80%), apresentaram menores contribuições para a diversidade genética.
Palavras-chave Divergência genética, agrupamento, análise multivariada.
Title
Abstract The genetic divergence of maize genotypes may contribute to the identification of hybrid combinations with grater heterotic effect, raising the possibility of recovering superior genotypes in segregating generations. The work aimed to study the genetic divergence among 49 treatments, which consisted of 43 Pipoca, two Flint, two Sweet corn and two The genotypes was arranged in a complete randomized block design with three replications. Multiple agronomic, Chemical, physical traits were evaluted. The multivariate analysis showed significant differences (p < 0.05) justifying the use of multivariate techniques in the genetic diversity. The dissimilarity were estimated from the Mahalanobis distance (D²) and showed that the most similar genotypes were Xuxu Viçosa and Beija-Flor amarelo (18,26), and the biggest divergence occurring between Viçosa and Dow2B433PW (910,60). Clustering was tested using the hierarchical method (UPGMA) and Modified Tocher optimization clustering which divided the genotypes into five groups. Pericarp termal diffusivity was the trait that contributed the most to the differentiation of the evaluated genotypes (24,36%). The protein content, grain yield and average ear insertion (12,95%, 9,22% and 7,43%, respectively) showed relatively importante contribution on diversity while ear lenght (1,02%) and ears (0,80%) showed smaller contributions to genetic diversity.
Key-words Genetic divergence, clustering, multivariate analysis.
Arquivos
Nome Tamanho
18,59 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET