Terça, 18 de junho de 2024.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Isolamento, identificação molecular e atividade enzimática de microrganismos associados ao intestino de abelhas sem ferrão Tetragonisca angustula Latreille, 1811
Autor Oliveira, Fernanda Giovana Martins de
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki
Co-Orientador(es) Claudete Aparecida Mangolin
Maria de Fatima P. da Silva Machado
Banca Examinadora Ricardo de Oliveira Orsi
Julio Cesar Polonio
Data de Defesa 08/07/2022
Resumo A abelha Tetragonisca angustulaé uma das espécies de abelhas mais comuns e com ampla distribuição por todo território brasileiro.A biologia, comportamento social e estruturação populacional dessa espécie são conhecidos. Dentre os produtos conhecidos, o mel destas abelhas é de alto valor comercial e importantes para a meliponicultura nacional. Contudo, ainda há poucos estudos realizados em torno da constituição da microbiota associada ao intestino destas abelhas. Neste trabalho objetivamos isolar e identificar bactérias presente no intestino de abelhas sem ferrão T. angustula, e avaliar o potencial de produção de enzimas bacterianas amilase, celulase, invertase e protease. Para o desenvolvimento da pesquisa foram coletadas operárias de T. angustula na entrada e no interior de ninhos. As operárias coletadas foram sacrificadas a frio, dissecadas e as regiões anterior, média e posterior de seus intestinos foram isoladas e seus conteúdos de microrganismos crescidos em meios apropriados. As linhagens que cresceram foram identificadas por sequenciamento do gene rDNA 16S. Além disso, foram realizadas avaliações de produção enzimática, e as enzimas avaliadas foram amilase, celulase, invertase e protease. A partir das sequências de rDNA 16S, puderam ser identificadas linhagens de bactérias pertencentesaos filos Firmicutes (gêneros Paenibacillus, Staphylococcus, Alkalihalobacillus, Bacillus, Nialia, Terribacillus, Lysinibacillus e Priestia), Actinobacterias (Micrococcus) e Proteobacterias (Gilliamella, Pantoea,Serratia, Pseudomonas).Através dos resultados obtidos foi possível observar que algumas bactérias do intestino das abelhas T. angustula estão relacionadas com as atividades fermentativas associadas à maturação e qualidade do mel, além da função da quebra de material celulósico e amiláceo, que pode resultar em alterações nas características dos seus produtos.
Palavras-chave microbiota intestinal, sequenciamento, produção enzimática
Title
Abstract The Tetragonisca angustula bee is one of the most common bee species and with a wide distribution throughout Brazilian territory. Biology, social behavior and populational structuration of that species are known. Among the well-known products, the honey of these bees has a high commercial value and are important to national meliponiculture. However, there are few studies carried out about the microbiota associated to these bees’ intestine, which is related to the honey production, colony protection and social immunity. The present study aims to isolate and identify the bacteria present in the intestine of the stingless bees T. angustula, and evaluate the potential of bacterial enzyme-production. For the development of this research, workers bees T. angustula were collected on the road and inside nests. The workers bees were cold sacrificed, dissected and the anterior, mid and posterior regions of their intestine were isolated and their microorganisms were grown in appropriate surroundings. The lineages that have grown were identified by 16S rDNA sequencing. Furthermore, assessments of enzyme production were performed to amylase, cellulase, invertase and protease of the recognized lineages. The16S rDNA sequencesallowed thetaxonomical identification of lineages in different phylum including Firmicutes (Paenibacillus, Staphylococcus, Alkalihalobacillus, Bacillus, Nialia, Terribacillus, Lysinibacillus e Priestia), Actinobacteria (Micrococcus) and Proteobacteria (Gilliamella, Pantoea, Serratia, Pseudomonas). Through the obtained results, it was possible to notice that some of the bees T. angustula intestine bacteria are related to fermentative activities, associated to the maintenance and to the honey quality, beyond the function starch and cellulosic material, which can end into changing the characteristic of their products.
Key-words Intestinal microbiota, sequencing, enzyme production.
Arquivos
Nome Tamanho
18,59 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET