Domingo, 04 de junho de 2023.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Similaridade genética entre linhagens de milho-pipoca utilizando marcadores microssatélites
Autor Dandolini, Thatiana Silva
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Prof. Dr. Carlos Alberto Scapim
Co-Orientador(es) Profª Drª Claudete Aparecida Mangolin
Profª Drª Maria de Fátima Pires da Silva Machado
Banca Examinadora Prof. Dr. Carlos Alberto Scapim
Prof. Dr. Ricardo Tadeu de Faria
Profª Drª Claudete Aparecida Mangolin
Data de Defesa 28/09/2007
Resumo A relação filogenética entre linhagens de milho-pipoca originadas de diversas variedades e híbridos de linhagens não estão documentadas no Brasil. A proposta do presente trabalho foi utilizar a técnica de microssatélite para se avaliar a diversidade genética entre as linhagens do grupo 1 (Yellow PearI popcorns l, Zélia l, Curagua, Zélia II, Yellow PearI popcorns II) e do grupo 2 (IAC112 l, IAC112 II, Avati Pichinga l, PInikalla, Avati Pichinga II) de milho-pipoca (Zea mays L). Dentre os 51 primers testados, 27,4% foram polimórficos, sendo selecionados 14 primers. De acordo com a amplificação, o número de alelos por locus variou de dois a cinco alelos. O maior número de alelos foi verificado no locus umc1653, contendo cinco alelos. Os locus umc 2227 e umc 1636 apresentaram quatro alelos. Foi evidente a ocorrência de alelos nulos nos locus umc 2343 (nas linhagens P1-5 e P9-1) e umc 2227 (nas linhagens P1-5, P9-1, P9-4 e P9-5). A linhagem P1-3 foi a que apresentou a maior proporção de locus polimórficos (50%), a P1-4 foi a mais monomórfica (100%). Na diversidade calculada pela distância genética de Rogers (1972), destaca-se a menor identidade genética entre as linhagens P1-4 e P9-3 (0,8495) e a maior identidade ocorrem entre as linhagens P1-2 e P1-4 (0,2092). O cálculo da distância média entre os grupos, mostrou que os grupos 3 e 4, formados pelas linhagens P9-4 e P9-5 respectivamente, foram os mais distantes entre si, sugerindo a possibilidade de formação de níveis heteróticos em cruzamentos envolvendo essas linhagens. O conjunto de dados sugere que os marcadores do tipo SSR são efetivos para a análise da diversidade genética, visando à identificação de genitores adequados para a formação de grupos heteróticos.
Palavras-chave diversidade genética, microssatélites, diversidade genética, milho- pipoca, Zea mays L.
Title Identification of Colletotrichum lindemuthianum races in common bean cultivation
Abstract The phylogenetic relationship between popcorn strains from several varieties and hybrids from inbred lines hasn’t been documented in Brazil. The purpose of the current research was to use the microssatellites tools to verify the genetic diversity among strains Yellow Pearl popcorns I, ZéliaI, Curagua, Zélia II, Yellow Pearl popcorns II, IAC112 I, IAC112 II, Avati Pichinga I, Pisankalla, Avati Pichinga II from popcorn (Zea mays L.). From 51 tested primers, 27, 4% were polymorphs, being selectioned 14 primers. According to amplification, the number of allele per locus varied from 2 to 5 alleles. The highest rate of allele occurred in locus umc 1653, containing five alleles. The locus umc 2227 and umc 1636 presented four alleles. It was evident the occurrence of nil allele in the locus umc 2343 (Yellow Pear popcorn II e IAC 112 I strains) and umc 2227 (Yellow Pear popcorn II, IAC 112 I, Pisankalla e Avati Pichinga II strains). The strain Curagua was the one with the highest number of polymorphic loci (50%), the Zélia II was the highest monomorphic (100%). In the diversity calculated by Roger’s distance, pointed out the least genetic identity was between Zélia II and Avati Pichinga I strains (0,8495), whereas the highest was found between Zélia I and Zélia II strains (0,2092). The calculation of the mean distance between the groups, showed that groups 2 and 4 formed by (IAC 112 I, IAC 112 II, Avati Pichinga I, Avati Pichinga II) e Yellow Pear popcorn II strains respectively, were most distant between each other, suggesting the possibility of heterotic levels in crossbreed involving these strains. The whole of data suggest that markers like SSR are effectives to analyze the genetic diversity, aiming to identification of genitors suitable to form heterotics groups.
Key-words genetic diversity, maize popcorn, microssatellites, Zea mays L.
Arquivos
Nome Tamanho
0,00 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET