Terça, 05 de março de 2024.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Dissertação
Título Análise de estabilidade e adaptabilidade de genótipos de girassol (“Helianthus annuus” L.)
Autor Grunvald, Anna Karolina
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Prof. Dr. Carlos Alberto de Bastos Andrade
Co-Orientador(es) Dr. Cláudio Guilherme Portela de Carvalho
Prof. Dr. Carlos Alberto Scapim
Dr. Vanoli Fronza
Banca Examinadora Prof. Dr. Carlos Alberto de Bastos Andrade
Dr. Cláudio Guilherme Portela de Carvalho
Prof. Dr. Carlos Alberto Scapim
Dr. Vanoli Fronza
Data de Defesa 06/12/2007
Resumo A escolha adequada de cultivares constitui um dos principais componentes do sistema de produção de uma cultura. Face à existência de interação genótipos x ambientes, são necessárias avaliações contínuas, em redes de ensaios, objetivando determinar o comportamento agronômico dos genótipos e suas adaptações as diferentes condições locais. A seleção de genótipos nesses ensaios podem ser realizadas com base na média geral ou em estudos de adaptabilidade e estabilidade dos genótipos face a mudanças ambientais. Nesse sentido, o objetivo dessa dissertação foi selecionar genótipos de girassol nas condições de safra e de safrinha brasileira. Foram analisados os dados, obtidos da Rede Nacional de Ensaios de Avaliação de Genótipos de Girassol, coordenada pela Embrapa Soja, entre os anos de 2003 e 2007. Os caracteres avaliados foram rendimento de grãos (kg ha-¹) e rendimento de óleo (kg ha-¹). A seleção dos genótipos foram realizadas com base na média geral e nas análises de adaptabilidade e estabilidade, conforme Porto et al. (2007), Carvalho et al. (2002), Eberhart e Russel (1966), Annichiarico (1992) e Rocha et al. 2005). O estudo de adaptabilidade e estabilidade possibilitou evidenciar genótipos de girassol com adaptação específica a ambientes favoráveis e desfavoráveis. Dentre os métodos utilizados, o método da indicação com base na decomposição da média geral (método do IDMG) (porto et al, 2007) apresentou resultados mais coerentes e mostrou ser mais criterioso. Dentre os genótipos avaliados na safra, os híbridos VDH 487, Agrobel 959, Helio 253 e Helio 360 e as variedades Catissol 2005, BRSGira 01 e BRSGira 02 foram selecionadas para rendimentos de grão e de óleo. Para rendimento de óleo, destacaram-se ainda os híbridos V03005, MG 52, V20038, EXP 1441 e BRSGira 06 e a variedade BRSGira 03. Na safrinha e considerando-se rendimento de grãos, os híbridos Agrobel 959, MG 50, e V03005 forma indicados para ambientes favoráveis e BRHS 02 e BRHS 04, para ambientes desfavoráveis. Para rendimento de óleo, os híbridos Agrobel 959, V03005, MG 50, VDH 487, EXP 1441, EXP 1447 e EXP 1446 apresentaram indicação geral, o híbrido MG 52 foi indicado para ambientes favoráveis e BRHS 04, para ambientes desfavoráveis. Quanto a seleção de variedades, para os dois componentes de rendimento avaliados, BRSGira 02 teve indicação geral e Catissol e Multissol foram indicadas para ambientes favoráveis.
Palavras-chave Seleção de genótipos, Helianthus annuus L., Estabilidade e adaptabilidade.
Title Analysis adaptability and stability of sunflower genotype (Helianthus annuus L.).
Abstract The cultivars adequate choice is one of the main components of a culture production system. Due to the existence of genotype x environments, continuous assessments are necessary, in assay net, aiming to determine the genotypes agronomic behavior and their adaptations to different local conditions. The genotype selection in these assays can be carried out based on the general mean or in adaptability and stability studies of genotypes facing the environmental changes. In this way, the aim of this work was to select sunflower genotypes in the conditions of Brazilian harvest and small harvest. The data, obtained from Rede Nacional de Ensaios de Avaliação de Genótipos de Girassol ("Sunflower Genotypes Assessment Assays National Net"), were analyzed; this analysis was coordinated by Embrapa Soja, from the year 2003 to the year 2007. The characteristics evaluated were the grain production (kg ha-¹) and oil production (kg ha-¹). The genotype selection was done based on the general mean and on the analyses of adaptability and stability, according to Porto et al. (2007) Carvalho et al. (2002), Eberhart and Russel (1966), Annichiarico (1992) and Rocha et al. (2005). The adaptability study and stability made it possible to highlight the sunflower genotype with specific adaptation to favorable and unfavorable. Among the methods used, the indication method based on the general mean decomposition (IDMG method) (Porto et al., 2007) presented more coherent results and showed to be more reasonable. Among the genotypes evaluated in the harvest, the hybrids VDH 487, Agrobel 959, Helio 253 and Helio 360 and the varieties Catissol 2005, BRSGira 01 and BRSGira 02 were selected for grain and oil productions. For oil production, the hybrids V03005, MG 52, V20038, EXP 1441 and BRSGira 06 and the variety BRSGira 03 stood out. At the small harvest and considering the grain production, the hybrid Agrobel 959, MG 50, and V03005 were indicated for favorable environments and BRHS 02 and BRHS 04, for unfavorable environments. For oil production, the hybrids Agrobel 959, V 03005, MG 50, VDH 487, EXP 1441, EXP 1447 and EXP 1446 presented a general indication, the hybrid MG 52 was indicated for favorable environments and BRHS 04, for unfavorable environments. As for the varieties selection, for the two production components evaluated, BRSGira 02 had a general indication, and Catissol and Multissol were indicated for favorable environments.
Key-words Selection of genotypes, Helianthus annuus L, Adaptability and stability.
Arquivos
Nome Tamanho
0,00 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET