Quarta, 29 de novembro de 2023.
Busca Rápida (somente por palavras-chave)
    
Tese
Título Análise genética das proteínas principais da geléia real (MRJPS) em abelhas “Apis mellifera”, africanizadas produtoras de geléia real
Autor Baitala, Tatiane Vicente
Unidade Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Área de Concentração Genética e Melhoramento
Orientador Profª Drª Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki
Co-Orientador(es) Profª Drª Claudete Aparecida Mangolin
Prof. Dr. Erasmo Renesto
Banca Examinadora Profª Drª Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki
Profª Drª Maria de Fátima Pires da Silva Machado
Profª Drª Eliane Gasparino
Prof. Dr. Vagner de Alencar Arnaut de Toledo
Prof. Dr. Rogério Pincela Mateus
Data de Defesa 21/12/2007
Resumo O presente estudo teve como objetivo quantificar a variabilidade genética das MRJPs em mini-recrias de abelhas A. mellifera africanizadas produtoras de geléia real; e ainda, avaliar o potencial desses marcadores para futuros programas de seleção de rainhas e zangões associados à alta produtividade de geléia real. Polimorfismos bioquímicos da proteína principal da geléia real-3 (MRJP3) foram avaliados em eletroforese SDS-PAGE e permitiram detectar cinco alelos para a MRPJ3 denominados de A, B, C, D e E de acordo com a mobilidade eletroforética. A variabilidade genética para os loci mrjp3, mrjp5 e mrjp8 foi avaliada por PCR (polymerase chain reaction) e os três loci analisados foram polimórficos e produziram um total de 17 alelos. Os baixos valores de FST obtidos pelas análises bioquímicas (0,0006) e pelas análises de PCR (0,0068) indicam que as nutrizes de dois ciclos de produção da geléia real ainda não estão diferenciadas geneticamente. As análises bioquímicas e moleculares para as proteínas MRJPs analisadas mostraram elevado polimorfismo alélico e, portanto, podem ser utilizadas como marcadores genéticos eficientes para estudos de genética de populações em abelhas A. mellifera africanizadas. O potencial das MRJPs como marcadores moleculares para produção de geléia real foi avaliado por análises de regressão linear múltipla com valores de DEP (diferença esperada na progênie) para produção de geléia real. A equação mais ajustada foi observada em função dos alelos C, D e E. Essas análises indicam que o locus mrjp3 exerce influência no valor genético para produção de geléia real. O coeficiente de determinação (R²) calculado para os alelos significativos do /ocus mrjp3 indicou que 36,85% da variação da DEP é explicada pela variação dos alelos C, D e E. Estes resultados mostram que o /ocus mrjp3 tem potencial para ser usado como marcador molecular para seleção de abelhas A. mellifera africanizadas para produção de geléia real.
Palavras-chave Apis mellifera, MRJPs, Melhoramento, Produção de geléia real, Variabilidade genética, Marcador molecular.
Title Genetic analysis of major royal jelly proteins (MRJPs) in Africanized Apis mellifera royal jelly producing
Abstract The goal of this study was to quantify the genetic variability of MRJPs in mini-hives of Africanized A. mellifera honeybee producing of royal jelly; and to evaluate the potential of those molecular markers for futures selection programs of queens and drones associated to the high productivity of royal jelly. Biochemical polymorphisms of the major royal jelly proteins-3 (MRJP3) were evaluated in SDS-PAGE electrophoresis and detect five alleles for MRPJ3 denominated A, B, C, D and E in agreement with the electrophoretic mobility. The genetic variability for the loci mrjp3, mrjp5 and mrjp8 was evaluated by PCR (polymerase chain reaction) and the three loci were polymorphic and produced 17 alleles. The low FST values obtained by the biochemical (0.0006) and PCR (0.0068) analyses indicated that the nurses of two cycles of royal jelly production were not genetically differentiated. The biochemical and molecular analyses for the MRJPs proteins showed high allelic polymorphism and, therefore, they can be used as efficient genetic markers for studies of population genetics in Africanized A. mellifera. The potential of MRJPs as molecular markers for royal jelly production were evaluated by analyses of multiple linear regressions with EPD values (Expected Progeny Differences) for royal jelly production. The most adjusted equation was observed in function of the alleles C, D and E Those analyses indicate that the mrjp3 locus influences the genetic value for royal jelly production. The determination coefficient (R2) for the significant alleles of the mrjp3 locus indicated that 36.85% of the EDP variation is explained by the variation of the C, D and E alleles. These results showed that the mrjp3 loci have potential to be used as molecular marker for selection of Africanized A. mellifera for royal jelly production.
Key-words Apis mellifera, MRJPs, Inbreeding, Royal jelly production, Genetic variability, Molecular marker.
Arquivos
Nome Tamanho
0,00 KB

TESES E DISSERTAÇÕES - Universidade Estadual de Maringá
Desenvolvimento: VIASITE INTERNET